Encontro aborda o papel do Conselho Tutelar em relação ao Serviço de Acolhimento para Crianças e Adolescentes

Publicado por Coordenacao Blog do Suas em

Tempo de leitura 2 minutos

O terceiro Encontro Regional sobre Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes, abordando o Papel do Conselho Tutelar, aconteceu na última quinta-feira (27), durante live promovida pela Secretaria de Estado de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) e Coordenadoria Regional das Promotorias de Justiça de Defesa da Educação e dos Direitos da Criança e do Adolescente do Vale do Rio Doce (Credca-VRD).

O objetivo do evento foi promover um diálogo sobre a interface dos Serviços de Acolhimento para Crianças e Adolescentes com os Conselhos Tutelares.

O Encontro faz parte do Projeto Intersetorial Sedese e Credca-VRD, o qual contempla dois webinários e três encontros temáticos, que estão sendo realizados desde março e se encerram em julho. Estão sendo abordados temas relacionados ao acolhimento para crianças e adolescentes, rede de proteção e o papel do Conselho Tutelar, entre outros temas.

O evento realizado na última quinta-feira foi mediado pela diretora da Regional da Sedese em Timóteo, Aline Castro. Ele foi dividido em dois painéis, sendo o primeiro sobre o Papel do Conselho Tutelar frente ao acolhimento para crianças e adolescentes, cuja abordagem foi feita pela coordenadora dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cepcad), Eliane Quaresma, e pela técnica Renata Vieira, também da Cepcad.

“É muito gratificante participar deste momento de formação, onde temos a oportunidade de dialogar com os municípios, através da representação de sua rede de proteção à criança e ao adolescente, e nos fazer presente, cumprindo nossa missão de apoio técnico”, enfatizou Eliane Quaresma durante o encontro.

No segundo painel, Maria Isabel, técnica da Diretoria de Proteção Social de Alta Complexidade, da Superintendência de Proteção Social Especial da Sedese, abordou sobre a interface dos Serviços de Acolhimento Institucional com os Conselhos Tutelares. “Momentos de discussão como esse, com temas tão relevantes e desafiadores contribuem para ampliar nosso olhar diante dos desafios da prática frente ao acolhimento Institucional. Sem dúvidas, a atuação intersetorial e de forma articulada dos atores da rede é um ponto chave para contribuir no alcance, de fato, da garantia integral dos direitos das crianças e adolescentes”, enfatizou Maria Isabel.

O Encontro também contou com um espaço para esclarecimento de dúvidas, que foram respondidas pelos palestrantes. Os participantes representaram Instituições de Acolhimento Institucional para Criança e adolescente, de Conselhos Tutelares, de gestão da Secretaria Municipal de Assistência Social, além de referência técnica da Média Complexidade, do setor de Alta Complexidade e coordenadores e equipes técnicas de CRAS e CREAS.

“É muito gratificante realizar esse projeto, porque ele vem ao encontro das demandas que os municípios apresentam às Diretorias Regionais, além do fato de ser uma atividade elaborada em conjunto com a Superintendência de Integração, a Subas e a Subdh, em parceria com a Credca-VDR. No entanto, o mais importante é a participação significativa dos municípios, pois sem a adesão deles, nossa ação não atenderia aos objetivos estabelecidos”, disse Aline Castro, diretora regional da Sedese em Timóteo.

Durante a transmissão do evento, um dos participantes destacou a importância desses encontros: “Muito bom participar desses momentos pautados na lei e esclarecedores dos inúmeros equívocos de atribuições de cada um do Sistema de Garantia de Direitos”.

O próximo evento será realizado em julho, com o tema: Acolhimento Familiar para crianças e adolescentes. O convite para o público será disponibilizado em breve. Confira aqui a íntegra do encontro, transmitido ao vivo no Youtube da Sedese.

Está curtindo nosso conteúdo? Compartilhe!

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Contate-nos pelo Whatsapp!